21 dezembro 2010

dias de verão cap44

Alessandra recebe uma ligação do hospital:
- Alô, dona Alessandra Carolina?

- Eu mesma, quem deseja?
- É do hospital Herbert Pereira, sobre seu avô.
- Hã? O que mais aconteceu?
- Foi um engano, ele não morreu coisissíma nenhuma!
- E quem morreu? C-como? Agora caiu a ficha! Graças a Deus!
- O vizinho daqui do hospital morreu, no hospital.
- Ah, meus pêsames!
- Obrigado. Bom, é isso, ele está podendo receber visitas. Já fiz meu trabalho, tenha um bom dia!
- Ah, eu vou ter.
Ela anuncia a notícia, e Priscilla diz:
- Como eles cometem um engano desse tamanho! Burros, mil vezes burros!
- Calma, Priscilla! - Tentou acalmar dona Carla -

- Mas quer dizer, que o papai, não m-morreu? - Intrometeu-se Fernando-
- É, pai. O vovô não morreu, foi uma falha do hospital...
- Aqueles incompetentes! - Debochou Priscilla (chata né?).
- Chega, Priscilla! Já basta. Vai lá ver o Kaique vai. Só vejo o Eduardo ficar com ele, filha! - Bronqueoou Carla-
- Não diga sandices, mamãe! Você tá meio esclerosada!
- Não tá não! Eu, que estou todo dia aqui, não vejo você cuidar do nenê! - Disse Carol.
- Tá eu vou! Bando de enjoados.
- É seu trabalho, Priscilla! Você quis engravidar, é seu dever, dever!!
Disse Carol, debochando.
Enquanto isso, Lyz e Gustavo saem do campo da amizade, pro namoro:
- Lyz, você aceita ser minha namorada ? - diz Gustavo, sem a menor cerimônia-
- E-eu? Claro que sim, que pergunta!
-Arrá! - Chega Pedro-
XIIIIII! O QUE VAI ACONTECER?
 não percam as próximas emoções da novela Dias de Verão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente! O seu comentário faz a diferença, pois ele pode ajudar o blog a melhorar! Dê sua opinião. ;)